Tag: Londres

Londres: Columbia Road Flower Market!

6/jan
2015

Um dos meus meus programas favoritos em Londres é descobrir os mercados de rua! E uma das melhores opções é o Columbia Road Flower Market – mercado de flores ao ar livre no bairro de Shoreditch.

Imagine que a jardinagem é uma paixões dos londrinos – nota-se pela quantidade de parques e jardins na cidade – logo, esse mercado é a vitrine desse sentimento arrebatador.

O Flower Market na Columbia Road reúne cerca de 50 barraquinhas todos os domingo de 8h às 15h. Acho bacana pular da cama e chegar logo cedo, antes de ficar muito lotado. E lota, viu?! Mas é uma confusão que, entre tantas flores lindas de se ver (e fotografar, claro), nem incomoda tanto.

A variedade das plantas é de impressionar! Uma infinidade colorida e alegre de buquês, arbustos, mudas, temperos frescos, suculentas e até arvores decorativas. Os preços atrativos – tipo orquídeas por 5 Libras (!!!) – só aumentam a vontade de comprar um belo arranjo, nem que seja para enfeitar o quarto onde está hospedada.

Ver os tipos de flores mudando ao longo da primavera, verão, outono e inverno deve ser algo de mágico, o que torna o passeio interessante independente da época do ano (exceto se estiver chovendo ou nevando, já que é a céu aberto). Olha que coisa mais linda o mercado durante um dia claro de verão…

Eu quis registrar cada pedacinho de um lugar tão inspirador! Não usei nem metade das minhas fotos no post, mas aproveitei para fazer um mural no Pinterest/photogirlchic com todas as outras. Vem ver tbém!

Para completar, tem um monte de lojinhas bacanas, antiquários, brechós, cafés e restaurantes pela região. Vale se programar para curtir um dia gostoso cruzando a rua das flores, fazer achadinhos e ainda emendar com um brunch num lugar bem delícia e charmoso! E se ainda se animar de visitar outros mercados, Spitafiels (comidas do mundo) e Brick Lane (moda alternativa) ficam pertinho.

As estações de metrô mais próximas são Old Street (Northern Line) e Bethnal Green (Central Line), a partir das duas precisa andar um pedaço até chegar lá (15 – 20 minutos) ou então ir de ônibus (linhas 28, 48 ou 55 saindo de Old Street).

Espero que tenham curtido essa dica de viagem e, se pintar qualquer dúvida, é só deixar nos comentários!

Londres para Paris de ônibus Eurolines!

15/dez
2014

Antes tarde do que nunca, finalmente aqui vai um post que eu estava devendo faz um tempo… Mas não poderia deixar passar, pois trata-se de uma excelente dica para quem gosta de viajar de um jeito bom, bonito e barato!

Nas últimas férias, acabei deixando para a última hora a decisão de ir para Paris a partir de Londres. Conclusão: Os valores das passagens – tanto Eurostar quanto low cost – estava um abuso de caras! Já me sentindo quase resignada pelo rombo no cartão (aceita que dó menos), vi um cartaz no metrô anunciando passagens Paris – Londres por meras 15 Libras. Detalhe: de ônibus. Entrei logo no site da companhia Eurolines e vi que havia disponibilidade para a data que precisava pelo exato valor anunciado, sendo que o trajeto me tomaria 7h. Com tempo sobrando e um valor tão competitivo, não resisti. Little miracle! Só depois da compra é que eu e meus amigos em Londres nos questionamos sobre como o ônibus faria para cruzar o oceano. Deixei para descobrir na hora… O importante é chegar lá!

O ônibus saiu da Victoria Coach Station que é relativamente próxima da estação de metrô Victoria. Saindo da estação, foi só seguir uns 3 quarteirões pela Buckinham Palace Road até chegar na rodoviária. Como é uma viagem internacional, é necessário fazer o check-in num guichê da estação 1h antes da partida para apresentar passaporte, e-ticket impresso e pegar a passagem.

Na teoria, a companhia permite levar uma mala cuja soma das 3 dimensões (altura, largura e profundidade) não ultrapasse 150cm e pese no máximo 20kg, além de uma mochila básica ou bolsa de mão. Na prática, ninguém pesa ou mede nada e muitos passageiros vão carregados. O motorista apenas orienta onde você mesma deve colocar a mala no bagageiro conforme o lugar de destino.

No ônibus não existe assento marcado. Chegou, sentou! Por dentro é bem ok, com poltronas confortáveis e wifi gratuito (que amor!). Pena que não tem tomadas. Por isso, se quiser usar algum aparelho eletrônico, celular principalmente, é melhor trazer com a bateria bem carregada.

Sugiro sentar logo na primeira fileira com visão panorâmica, ótima para umas fotinhos rsrs! Como viajei de dia, foi gostoso apreciar a paisagem dos bairros mais afastados e das cidadezinhas, além de atualizar família, amigos e namorados sobre as novidades. Sério, muito amor por esse wifi!

A viagem transcorreu super tranquila e no horário. As estradas são ótimas, quase sempre retas e com poucas curvas. Imagino que de noite dê para dormir bem. Foram mais ou menos 2h até chegarmos a Folkestone, onde o mistério da travessia foi revelado…

O ônibus simplesmente passa por um pedágio junto com outros veículos que são orientados por manobristas a pararem dentro de containers que são despachados via Eurotúnel! Juro que achei isso o máximo e muuuito moderno! Dá para sair do ônibus e circular pelo container durante o percurso. Pena que aqui o wifi não funciona e o ar condicionado é desligado, ficando um pouco abafado. Tirando isso, sei que me surpreendi e me diverti demais com essa situação inusitada! Só não recomendo para pessoas claustrofóbicas por motivos óbvios.

Já na França, saimos em Calais, seguindo por outras cidadezinhas e também uma parada para lanche, levando umas 3h até chegar em Paris na rodoviária Gallieni, que fica na zona 4 e é conectada a estação de metrô de mesmo nome.

Veredito final?! Adorei e recomendo! É a opção mais barata e confortável, mas só para quem tem tempo de sobra para viajar. Comprando com antecedência dá para achar promoção do mesmo trecho custando apenas 1 libra!!! Do contrário, sugiro pesquisar a passagem de Eurostar com pelo menos 3 meses de antecedência para aproveitar as melhores tarifas por menos da metade do tempo de percurso. Outras companhias de ônibus tbém oferecem o mesmo serviço com travessia de balsa pelo Canal da Mancha (ou English Channel), mas li muitas pessoas reclamarem que demora muito, atrasa e sacode horrores.

Essa viagem foi uma verdadeira experiência, uma aventura que com certeza me marcou para sempre com boas lembranças! Espero que aproveitem a dica e, se pintar qualquer dúvida, é só me escrever, ok!? 😉

Gourmet Burger Kitchen em Londres!

7/jan
2014

Eu sou uma devoradora de hamburguers! Dos mais podrinhos até os mais gourmet! E no hall dos meus favoritos já devorados e aprovados, reina absoluto o Gourmet Burger Kitchen, ou simplesmente GBK para os íntimos.

O GBK é uma rede de hamburgueria inglesa que tem como diferencial o hamburger feito 100% com carne bovina Aberdeen Angus. É preparado manualmente para que fique bem generoso, temperado só na base de sal e pimenta, além de ser grelhado no carvão para garantir que fique com uma casquinha crocante por fora e suculenta por dentro.

Virei fã de carteirinha da carne saborosa, da top maionese caseira e das fritas deliciosamente fininhas e crocantes! Por isso, levei o Amaral, meu amigo cheff e companheiro de EuroTrip2013, para conhecer a delícia.

Saca só nossos pedidos…

EU PEDI:
Classic
(Hambúrguer, maionese da casa e salada)
Fresh’n’Fizzy Strawberry & Elderflower
(Um tipo de chá gelado gasoso de morango com flor de sabugueiro)
Rosemary Fries
(Batatas fritas fininha com alecrim)

AMARAL PEDIU:
The Taxidriver
(Hambúrguer, queijo prato, anel de cebola empanado, pimenta cajun, maionese defumada picante, picles e salada no pão brioche)
Vanilla Milkshake
(Milkshake gigante de baunilha)
Sweet Potato Fries
(Batata doce rústica e frita)

O Amaral AMOU o GBK, tanto que até voltou outro dia para provar o Habanero, hamburguer extremamente picante. Eu sempre vou de clássico, simples e gostoso!

Mas não são só os hambúrgueres de carne bovina que fazem a fama do GBK. Existem tbém sanduíches de filé de frango, cordeiro e hadoque (o mesmo do “Fish and Chips”). Além de saladas, petiscos e sobremesas.

Lá funciona o sistema de “pay at the counter”, no qual o pedido é feito e pago no caixa, depois o garçom entrega tudo na mesa. Apesar disso, o lugar não tem pinta nenhuma de “fast food“, graças a decoração charmosa com toque vintage e tbém do público que vai com a intenção de curtir tranquilamente um ótimo lanche!

No site do GBK tem o cardápio todinho e os endereços das unidades espalhadas por UK.

Qual o acompanhamento indispensável no seu hamburguer? Conta aí!

Look(a) do Dia: YOLO em Londres!

14/out
2013

Esse look é uma grande pegadinha: Eu nunca imaginei que conseguiria usar shortinho em Londres na vida! Eu fiz a mala cheia de casacos e echarpes, esperando aquele friozinho tão típico da cidade. Quando cheguei, foram dias e mais dias de solzão, altas temperaturas, dias lindos, tudo de bom! O jeito foi abusar das saias e shortinhos que eu levei esperando para usar somente na Espanha.

Adoro essas blusinhas com frases, fica um básico diferente, não posso ver uma que já quero. Achei a tee YOLOYou only live once – na parte de crianças. Ainda bem que o tamanho 16 anos coube direitinho.

Os óculos redondinhos foram uma verdadeira salvação, comprei no desespero em alguma barraca da feirinha de Brick Lane antes de virar um sharpei por causa do sol.

Fui de maxibrinco de cristais que brilham muito! Estou amando essa tendência que é o forte do verão e faz toda diferença no look. Fiz trancinha para destacar ainda mais esse acessório lindo.

A bolsa e o tênis vão aparecer um monte, como já contei aqui.

Apesar da luz, fizemos as fotos umas 22h, ou seja, já estava toda amarfanhada haha. Para piorar, esse short pode ser uma graça, só que o tecido amassa muuuito. Mas não podia deixar de registrar, né? #blogueirice

 

Momento Instagram

Graças ao chip da T-Mobile, consegui ficar muito bem conectada e postando loucamente no Instagram haha. Aliás, já segue @photogirlchic?!


ONDE TUDO COMEÇOU: Nas flores do primeiro passeio do dia em Notting Hill.


DETALHE: Maxibrinco deuso que é puro brilho.

Tee Renner (da parte de criança, tamanho 16 anos)
Short Leader
Óculos Barraquinha de Brick Lane
Maxibrinco Lilac Acessórios
Bolsa Espaço Carioca
Tênis Via dos Pés