Coragem, será que precisa mesmo?

Viagens por Nanda
18/jul
2012

Voltei há pouco de uma viagem muito bacana. Foram 35 dias borboletando entre Paris, Londres, Bruxelas, Barcelona e Milão. Cidades de características e belezas tão diferentes quanto interessantes. Foram 35 dias de férias sozinha. E este detalhe do sozinha faz toda a diferença para muitas pessoas. Acabei de ler num post da Julia Faria (que teve como referência um texto da Martha Medeiros) a seguinte frase:

Coragem, mesmo, é preciso para viajar sozinha,…”

Confesso que eu nunca entendi muito bem o espanto, os olhos arregalados, as bocas abertas e o tom de exclamação das pessoas quando falava que iria tirar férias sozinha. Para estas pessoas, eu preciso de doses cavalares de coragem. Perdi a conta do tanto que escutei que eu devo ser mesmo muito corajosa.

Mas e agora, e essa tal de coragem? Será que precisa mesmo de coragem?
Pode até ser.
No meu caso, não.

Puxar uma mala rumo ao desconhecido sempre me pareceu algo divertido e plausível!
Nada ameaçador, nada que me exigisse coragem.

Não dominar a língua local? Encarar comidas exóticas? Desvendar lugares esquisitos? Entender meios de transportes estranhos? Encarar problemas?

Coragem nenhuma, mas jogo de cintura de sobra para me virar no meio de tantas novidades.

Por isso, para você que quer desbravar novos destinos, seja sozinho ou acompanhado, desejo o que for necessário para que esaa aventura seja fantástica!
Sucesso, paz e vontade!
E, por que não, uma dosezinha de coragem!
😉

OBS: Ah sim! Preciso mesmo é de coragem para organizar mais de 8 mil fotos da viagem kkkk

Posts Relacionados:

9 Comentários

  1. Thais Andrade comentou:

    Arrasoooooouu!!!
    Quero ver logo as 8 mil fotosss!!!

  2. É tanta coisa né!? Que bom que você gostou da viagem! Mas, na próxima viagem, você não vai sozinha… haha!

    Smaaack! :*

    • Nanda
      Nanda comentou:

      É mesmo? Quem vai comigo, hein?! 😉
      Smaaaakão!

  3. Nanda, que delícia seu blog! Adorei, de verdade.. vou vir sempre aqui.

    Pois é, eu morei um tempo em Lisboa, fui a Espanha de carro com umas amigas e fui a Paris sozinha. Tb não entendo o espanto quando eu falo isso pras pessoas, que fui sozinha pra Paris. hehehehe

    Enfim, isso já tem 3 anos e eu agora quero planejar uma viagem com meu marido. Nos teus posts, o mais detalhista que vc puder ser, eu agradeço. E daí, se eu tiver dúvidas mais específicas, a gente vai mantendo contato, pode ser?

    Essa tal internet é mesmo uma alegria, né não?

    Beijos e muito obrigada pela atencão e gentileza.

  4. Elaine Enyalle comentou:

    Minha linda que viagem linda e gostosa….ameiiii, ah na px eu irei! Ta lindo o blog, parabens! 😉

  5. camila comentou:

    é Fe vc tinha razao, as vezes ir sozinha é nao estra sozinha é estra conhecendo o mundo afora e vc nunca esta só quando se viaja….

    • Nanda
      Nanda comentou:

      Verdade Camila! Conhecer o mundo afora também é guardar as pessoas queridas no coração! =)

  6. Maria Claudia comentou:

    muuuuito legal se texto… concordo plenamente!!!
    ano passado fiz uma viagem bem parecida com a sua… e sozinha!!!!
    curti muito e já estou programando a próxima!!!

    • Nanda
      Nanda comentou:

      Oi Maria!

      Viajar sozinha é algo que adoro fazer! Um paixão!
      Tbém já estou toda trabalhada nas programações das viagens do próximo ano!
      Beijos e tudo de bom =)

Deixe o seu comentário:

*obrigatório